Terça, 07 de fevereiro de 2017, 10h19

Tamanho do texto A- A+
OCT
Tomografia de Coerência Óptica

IMO

Este exame não invasivo utiliza uma tecnologia similar à da ecografia B, utilizando em vez das ondas acústicas, luz de baixa coerência, obtendo-se representações estruturais com uma resolução muito mais elevada ( 8 micras comparada com as 150 micras da ecografia Standard).

Esta tecnologia foi desenvolvida por Fujimoto no Massachusetts Institute of Technology, a aplicada no diagnóstico oftalmológico por Puliafito. Esta nova tecnologia tem tem vindo a ser melhorada nos últimos anos e com a introdução do último modelo (OCT 3), o uso deste exame complementar generalizou-se, sendo hoje um exame fundamental do diagnóstico, evoluçãoe e no controle pós operatório de múltiplas afecções maculares.

O Médico Oftalmologista recorre a esta técnica no diagnóstico precoce das doenças da interface vitreoretiniana (Pucker macular, buraco macular, membranas epiretinianas secundárias, sindorme de tracção macular), sendo este exame de grande valor no diagnóstico diferencial e no estabelecimento de decisões terapêuticas assim como na avaliação pós operatória.

Outro campo com utilização crescente é na avaliação do edema macular, podendo ser de grande valor na exclusão de causas traccionais, e dar indicações preciosas na sua evolução. Esta capacidade de podermos estabelecer a espessura e o volume macular é de especial importância nos estudos a decorrer, sobre a injecção intravítrea de várias drogas (desde corticóides atá inibidores da angiogénese).



 

Confira também nesta seçao:







Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber as novidades e os nossos informativos:


  • Nome:

  • e-mail:

  • assinar

  • cancelar